Combustíveis sofrem o mais acréscimo dos últimos dois anos

As notícias relativamente aos preços dos combustíveis para a próxima semana não são muito positivas. Os preços de ambos os componentes vão subir, mas a gasolina irá destacar-se pela negativa.

Assim sendo, no caso do gasóleo a subida deverá ser na ordem dos dois cêntimos e meio, marcando a maior subida desde o primeiro dia do ano, que tinha sido referente a impostos, segundo explicou uma fonte do setor ao Notícias ao Minuto.

No caso da gasolina, a história é semelhante. Os preços da gasolina devem subir entre três cêntimos e meio e quatro cêntimos. A confirmar-se a subida de três cêntimos e meio será a subida de preços mais elevada desde 4 de setembro. Caso se confirme a subida de quatro cêntimos, será a mais elevada desde meados de maio de 2016, de acordo com a mesma fonte.

Os movimentos baseiam-se nas cotações do petróleo dos mercados internacionais nesta semana. Ainda assim, saliente-se, falta apurar a cotação desta sexta-feira, pelo que os valores acima mencionados podem sofrer algumas alterações.

Para ter uma referência, no final de quinta-feira o preço médio do gasóleo simples era de 1,256 euros, ao passo que a gasolina simples 95 custava 1,462 euros, segundo dados disponibilizados na página oficial da Direção-Geral de Energia e Geologia. Esta informação contabiliza 2.825 postos de abastecimento.

Fonte: Noticias ao Minuto

Comentários Facebook

You may also like...