O Jardim do Campo Grande vai chamar-se Jardim Mário Soares em homenagem “a um dos pais fundadores da nossa democracia”, disse Fernando Medina em entrevista ao DN.

O jardim do Campo Grande — agora renovado — vai ser inaugurado a 25 de abril com o nome de Mário Soares, que faleceu em 2017, disse o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina em entrevista ao Diário de Notícias. “Será uma homenagem que a cidade quer prestar”, afirmou o presidente da Câmara de Lisboa.

“Vamos tomar também a decisão de atribuir a esse jardim o nome de Mário Soares”, disse Fernando Medina, acrescentando que “Será uma homenagem que a cidade quer prestar a um dos pais fundadores da nossa democracia, um dos rostos principais e um dos homens que mais lutaram pela democracia no nosso país”.

O presidente da Câmara de Lisboa disse ao mesmo jornal que esta é “a melhor forma de o homenagear” uma vez que é algo “tão bonito e também cheio de vida”. O jardim do Campo Grande , onde o antigo Presidente da República costumava passear, passará assim a chamar-se Jardim Mário Soares.

A celebração, a 25 de abril, vai contar com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do primeiro-ministro, António Costa, e do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

A zona sul do Jardim foi intervencionada, numa obra que deveria ter “acabado a 12 de janeiro, segundo o que foi aprovado em câmara, mas o atraso deveu-se à “inauguração da piscina municipal” ali localizada. A piscina está já a funcionar. A requalificação da zona foi anunciada no final de 2016 e, na altura, a estimativa era de concretizar as medidas até outubro de 2017, o que não aconteceu, mas vai acontecer já este mês.

fonte: Observador

Comentários Facebook