Putin diz que “forças” nos EUA querem destruir o “sucesso” da cimeira com Trump

Trump responsabiliza Putin pela interferência nas eleições porque “ele é que manda”. Os dois líderes falam em acordos alcançados na cimeira de Helsínquia – mas não dizem quais.

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quinta-feira em Moscovo que a cimeira com Donald Trump foi “um sucesso” mas que há “forças” nos Estados Unidos de querem esvaziá-la. Garantiu que, mesmo no actual cenário de polémica, os dois líderes começaram a melhorar as relações bilaterais e que foram feitos acordos.

“De forma geral, a cimeira foi um sucesso e chegámos a alguns acordos. Claro que temos que ver como as coisas correm daqui para a frente”, disse Putin sem adiantar dados sobre os acordos que mencionou.

Depois de uma reunião com diplomatas, Putin disse que há “forças” que tentam sabotar estes desenvolvimentos: “Vemos que há forças nos Estados Unidos que estão preparadas para sacrificar as relações entre a Rússia e os EUA à sua ambição no debate político interno americano”.

Comentários Facebook

You may also like...